Desconstruindo Serafim

pintocalcudoNo livro Serafim Ponte Grande de Oswald de Andrade, José Ramos Góis Pinto Calçudo é o amigo oportunista de Serafim que a partir do momento que passa a chamar mais atenção do que o protagonista é expulso da história.

A vingança de Pinto Calçudo é feita pelo escritor Sérgio Augusto de Andrade no livro Pinto Calçudo ou os últimos dias de Serafim Ponte Grande. Neste, Calçudo é o narrador que, em uma estrutura um pouco semelhante ao livro de Oswald de Andrade, conta a sua versão da história, descrevendo um Serafim extremamente sociopata e irritante que convence as pessoas pelo cansaço.

Como o título já evidencia, a história concentra-se nos últimos dias do pedante colega de repartição pública que acaba encontrando seu fim conforme o plano de Pinto Calçudo em sabotar o canhão de Serafim com uma bem sucedida descarga elétrica.

Enquanto Serafim Ponte Grande tem trechos um tanto anárquicos, Pinto Calçudo ou… é bastante linear na narrativa, além de não ficar confundindo o leitor com experimentalismos diversos. Com texto rápido e divertido, Sergio Augusto de Andrade desconstrói não só o personagem Serafim como seu criador modernista.

Pinto Calçudo ou os últimos dias de Serafim Ponte Grande, lançado em 1990, foi o primeiro livro de Sérgio Augusto de Andrade que mais recentemente trabalhou como ghost-writer de Roberto Justus.

Anúncios

Uma resposta

  1. Sempre achei engraçadíssimo o nome Pinto Calçudo.

    E ghost writer do Justus… esperto ele, rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: